segunda-feira, 9 de abril de 2012

Tati e as estrelas


Tati era uma menina linda, parecia uma indiazinha. De fala mansa, sorriso fácil, era amiga do sol e do mar.
Tinha um coração enorme, aliás sua especialidade era cuidar de corações machucados.
Assim como toda menina da sua idade, Tati tinha um sonho: encontrar a felicidade! E para ela, a felicidade morava nas estrelas.
Sem saber como chegar até as estrelas ela começou a procurar a felicidade nos brilhos que encontrava aqui mesmo na Terra mas esses brilhos eram falsos, artificiais.
Não eram estrelas. Eram faróis, lamparinas e luzes de Natal ...
Em uma bela noite de lua cheia, cansada de tanto procurar , Tati deitou-se na relva e ficou fitando o céu.
Encontrou uma bela estrela que lhe sorriu, e assim adormeceu.
Naquela noite ela sonhou, e em seu sonho estava rodeada de estrelas. Podia ver a felicidade no brilho de cada uma delas.
De repente, a estrela mais brilhante se aproximou da menina de sorriso fácil e vendo que ela estava realmente feliz por estar entre as estrelinhas convidou-a para morar lá.
Tati hesitou mas diante daquele cenário real, com o qual sempre sonhou, não podia dizer não. Tomou uma poção mágica oferecida pela grande estrela e desse sonho não mais acordou.
Hoje ela é uma estrela, olha lá. 
Ta vendo aquela mais brilhante e feliz olhando por nós?

3 comentários:

Anônimo disse...

Amiga,

Que lindo!

Você já pensou em escrever pra viver? Já pensou em dar um jeito de trabalhar com isso?

Me tocou! De verdade!

Beijos

Pati Guedes

Frô disse...

Adorei e também concordo que você leva jeito. E se vc começar com um blog só de estorinhas?

Cris João disse...

Na boa, Rê? Se eu fosse vc, invetia nisso mesmo! Que ótima ficou sua história! Linda e sensível. Eu apóio, parabéns.